Porque estudar oráculos

A habilidade de “prever o futuro” ou “ler a sorte” sobre foi associada com magistas; em certos idiomas a origem de palavras que em português se traduzem para “feiticeiro” ou “bruxo” vêm de algo que designava ou adivinho ou oráculo (como “sorcerer” do inglês, que se deriva de “sors” – palavra latina que designava a resposta de um oráculo). Ainda hoje, é muito comum que um magista iniciante procurando orientação em grupos seja indicado a buscar um oráculo e estudá-lo em profundidade.

Mas por quê afinal esta habilidade é tão importante? Onde ela impacta no desenvolvimento e prática do magista? E afinal: como é que os oráculos funcionam? Irei expor aqui meu ponto de vista sobre essas questões.

Continue Reading

O Paradigma Animista

A magia do caos nos introduziu o conceito de “paradigmas mágicos” – modelos teóricos de onde partem nossa cosmovisão e pressupostos, onde podemos estruturar o trabalho mágico. Patrick Dunn, em seu livro Postmodern Magic, estabelece quatro paradigmas principais e coloca o animismo como uma variante do “Paradigma Espiritual”. Porém, esta linha de pensamento nos oferece uma visão de mundo complexa que muda por completo a nossa abordagem magística e merece uma análise aprofundada.

Imagem destacada: cena de “A Viagem de Chihiro” retratando uma divindade que também era um rio.

Continue Reading

O mesmo vôo, outros caminhos

Este será um post um tanto mais pessoal meu, o Ravn. Vocês se lembram de mim mais pelos escritos sobre paganismo germânico, porém recentemente tenho falado um pouco menos sobre este assunto e mais sobre teoria mágica geral. Meu conteúdo aqui é um reflexo do que se passa em meu próprio caminho magístico, e senti necessidade de comentar sobre o rumo que tomará de agora em diante.

Continue Reading

Eliza e o sentido da vida

  • Andando na rua, um pássaro traz uma mensagem.
  • As nuvens te lembram de ovelhas da fazenda da infância, ligas para um amigo com quem não fala há tempos, e ele agora precisa de sua ajuda. Ou companhia para uma conversa.
  • Na dúvida de aceitar um trampo novo, tu vês um ônibus com propaganda de curso de pós-graduação. É o caminho que tu queres seguir. Figurativamente e literalmente, afinal é o ônibus que te leva para casa.
  • Todos nós já lemos cartas de Tarot.
  • Alguns de nós conhecem as Runas.
Continue Reading

As Camadas Sutis Dos Seres

Os chakra brilha tanto que até precisa de uma tinta diferente pra mostrar

Esse é um texto atualizado em duas partes Veja a Parte 2 Aqui. Reforma os seguintes textos : Os Chakras, uma visão Holística e O Que Está Dentro e o Que Está Fora

Muito se fala dos corpos sutis humanos, como se não se comunicassem entre si.

Claro, sempre que vemos um texto desses alguém vem e fala “mas isso é didático, é tudo um”. O problema é que raramente levamos isso em conta. Mais do que comum é nos vermos dividindo os corpos e ignorando as relações entre eles.

Continue Reading

A Mão Esquerda da Bruxaria

A bruxaria já teve inúmeras definições, redefinições, nascimentos e renascimentos no decorrer dos tempos. Dentro de um recorte que foca na Bruxaria Tradicional é possível encontrar diversas características em comum entre uma vertente e o outra e também curiosos pontos de encontro com o Left-Hand Path – uma vertente com maior influência do hermetismo e Thelema. Analisaremos essas semelhanças como uma forma de começar um diálogo entre esses dois caminhos mágicos.

Continue Reading