A pronúncia das letras hebraicas

Tarot com as letras em Hebraico disposto para indicar onde são formados os sons das letras no sistema fonador humano. Em vermelho e laranja, os contorno do sistema fonador com a boca virada para a esquerda.

Faz um tempo que estou devendo esse esquema para a pronúncia das letras hebraicas. Sugiro que façam o exercício com um baralho próprio ou desenhando as letras enquanto experimentam pronunciá-las. O objetivo é articular os sons em seus devidos lugares, compreender as distinções e, se possível, anotar as diferenças sensíveis entre eles. Algumas letras serão muito parecidas, outras completamente diferentes. Algumas diferem pelo momento em que a voz é projetada, outras não têm voz alguma.

Continue Reading

Purim, 25/26 de fevereiro

Quando precisamos nos esconder

Usar máscaras já teve um significado mais feliz.

Não só no Carnaval, mas, séculos antes, em Purim.

Alguns dizem que as máscaras servem para lembrar que houve uma época em que judeus precisaram se disfarçar para sobreviver — isso ocorreu várias vezes na história, na verdade. Outros dizem que servem especificamente para simbolizar o oculto, que nada é apenas sua aparência.

Continue Reading

O que forma uma divindade

O que é uma divindade? Deuses podem morrer? Qual a relação entre divindades e a humanidade?
As respostas obviamente dependem de para quem se pergunta, diante de visões de mundo e paradigmas. Irei expor aqui alguns aspectos que fazem sentido diante da forma que eu me relaciono com o macro e com a magia, com um enfoque bem animista.

Imagem destacada: os “Deuses Antigos” de muitos povos no seriado American Gods

Continue Reading

Onde estamos?

É sempre difícil enxergar todo o caminho quando estamos bem no meio dele.

Em uma das muitas versões sobre a sabedoria de Salomão, conta-se que um viajante muito muito rico pediu conselho ao Rei Salomão sobre como fazer um anel para si. Qual inscrição seria perfeita para fazer em um anel perfeito. Uma frase tão verdadeira que traria sabedoria em todos os momentos da vida, não importando o quão bons ou ruins fossem, e não importando onde ele estivesse, em sua própria terra ou em países distantes.

O Rei Salomão sugeriu a frase “Gam zeh ya’avor“, isso também vai passar.

Continue Reading

Sobre Consagrações – ou tornando objetos mágicos

Em um treinamento magístico conforme realizado por ordens ou mesmo covens, logo depois de aprendermos um ritual de banimento somos ensinados algum feitiço de consagração. Este ato, que separa um objeto comum para o uso na magia, é um dos mais elementares e ao mesmo tempo um dos mais complexos dentro das práticas de um magista. Se trata do método que cria um Instrumento ritual, embora também seja aplicado para a criação de talismãs. Numa série de posts vamos discutir o porquê, buscando analisar detalhes e trazer ideias que possam aprimorar nossas práticas individuais.

Continue Reading