BANIMENTOS!!!

Terceira e última parte da análise do “Liber O”, do nosso querido e amado Therion. Passamos pela Forma Deus e pela Vibração dos Nomes, e agora vamos para os famosos banimentos.

Primeiramente é necessário que o estudante saiba de uma coisa: os rituais de banimento, por mais diversos e específicos que sejam, são convenções, isso mesmo, são apenas uma fórmula pré-estabelecida que determinada egrégora utiliza para preparação de um ritual ou atividade específica, na grande maioria das vezes realizar um ritual de banimento sem fazer parte da egrégora de nada adianta, é mero exercício de visualização.

Continue Reading

O Amor foi uma Invenção

Um cantor e um alaúde. Amor cortês. Amor romântico. Romance. Romantismo.

Dizem que o Amor foi inventado por um poeta anônimo do século XII. Assim mesmo, inventado. Algum cantador com um alaúde debaixo do braço teve uma ideia tão melosa e atraente que se multiplicou feito um câncer. Talvez tenha doído. Dói inventar tamanha mentira.

Continue Reading

As Duas Mãos de Deus

Não há dúvidas de que a evolução de apenas um pequeno princípio da consciência traz também o entendimento de muitos mistérios relacionados aos campos do esoterismo. De uma pequena descoberta interna que fiz, inicio agora um conjunto de textos que irá discutir temas muito mais abrangentes – mas ainda assim tão importantes quanto e muito relacionados a nossa vida material diária. Buscando a união do divino com o material, para que entendamos uma das formas pelas quais o espírito se conecta à matéria, prossigamos.

Continue Reading

Cabala Judaica #17: Malkuth embaixo, Malkuth em cima

Cada autor, cada pesquisador da cabala, cada aluno em suas anotações usa das ferramentas que possui para descrever as esferas da Etz Chayim. Malkuth, talvez seja a menos polêmica das esferas. Malkuth é onde tudo se materializa. Malkuth é onde a energia manifestada nas outras esferas “existe” (no sentido corriqueiro da palavra) ao mesmo tempo. Nas palavras dos grandes cabalistas que chegaram até nós, Malkuth foi usado para descrever outras esferas.

Continue Reading

Mitos e Lendas: O Golem

A literatura acerca da magia cabalística sobrevive renegada à fantasia. Se perguntarmos aos grandes estudantes de cabala de hoje, responderão que cabala é uma forma poética de tratar questões internas, psicológicas, sociais. São os grandes rabinos que ainda discordam.

A nossa tradição de cabala ibero-americana sobrevive repetindo a máxima: “no creo en brujas, pero que las hay, las hay”.

Continue Reading

Cabala Judaica #16: Vontade e Liberdade

Não ignorem a semântica. Mas aprendam o significado das palavras antes de negar a mensagem:

Vontade é poder restringir a própria liberdade.

Quando uma semente se torna árvore, ela deixa de ser todas as outras árvores. Eu vejo pessoas falando sobre agir conforme a vontade. Elas falam em serem desenhistas, escritores, ricos, empresários, adotar ONGs e patrocinar festas enquanto gravam álbuns de música eletrônica e namoram modelos internacionais. Não sei de que vontade estão falando.

Continue Reading

Ventosaterapia e os Atletas

Durante os jogos Olímpicos desse ano (2016) o mais famoso atleta da delegação americana, aquela com maior número de medalhas de ouro na história dos jogos, surpreendeu o mundo. Isso porque o detentor de recordes e medalhista de ouro Michael Phelps, apareceu com estranhas manchas roxas e redondas pelo corpo – especialmente na região dos ombros e costas.

Não, não é um efeito negativo de nadar nas águas poluídas da Baía de Guanabara. São o resultado de uma antiga técnica chinesa chamada Ventosaterapia, que é utilizada conjuntamente à medicina tradicional chinesa há muito tempo. Mas o uso da MTC por atletas, executivos, políticos e outras pessoas cujo estilo de vida requer tratamentos não invasivos para seus sintomas, não é coisa nova.

Continue Reading