Egrégoras, Evocação Energética e Shows Musicais

maxresdefault[1]

Por mais que muitas vezes nos esqueçamos disso, eventos cotidianos possuem suas próprias egrégoras, energias e repercussão em outros Planos. Shows e outras apresentações musicais estão sempre presentes como exemplos de como um evento comum (nem tanto, neste caso particular…) pode ser poderoso em termos magísticos e aproveitado por alguém com os conhecimentos necessários. Lançamentos de sigilos e consagrações feitas em concertos musicais são poderosos, e um excelente exercício envolvendo egrégoras e manipulação energética.

Imagem destacada: Aerosmith no Allianz Parque, 2016

 Entre os casos mais conhecidos de aproveitamento magístico está o do Fotamecus (um sigilo caoísta para controle temporal), que foi energizado em um show do Metallica. Aqui no Brasil tivemos a palheta usada pelo Ghost B.C. no Rock in Rio, que acabou se transformando em um poderoso Instrumento. Eu mesmo tenho meu caso pessoal de um Instrumento que foi consagrado em um show do ONE OK ROCK (apenas aquele aviso: se forem fazer o mesmo, usem o bom senso e escolham algo pequeno e fácil de carregar para a versão física dele, como chaveiros e pingentes. A minha escolha nessa ocasião foi uma moeda de 5yen).

10155440
ONE OK ROCK, no Cine Jóia, 2014 – Ocasião em que além de ver uma banda que amo, criei um potente Instrumento

Um músico performando em um palco, seja o estilo que for, está fazendo uma evocação das faixas vibratórias correspondentes com a mensagem de sua música. Agora, considere que em um show ou concerto todas as pessoas presentes estão com sua atenção voltada unicamente para este propósito, gerando uma imensa egrégora focada; por isso que é muito comum observarmos grandes comoções na platéia, como todos chorarem em uma música emotiva ou se agitarem e começarem um moshpit. Essa energia possui uma movimentação circular entre os músicos e o público, porém boa parte acaba sendo simplesmente lançada no ambiente; em eventos grandes, costuma a permanecer por muitos dias no local e ser facilmente sentida.

Para um aproveitamento magístico, é necessário que se acesse um estado de gnosis (sim, mesmo lá…) com objetivo de focar de forma intensa em todos os sentimentos, pensamentos e impressões que estão sendo geradas por aquele momento; e então, direcionar para o Intento almejado. Com a grande quantidade de pessoas envolvidas, invariavelmente o resultado será potente e intenso. Uma alternativa é simplesmente criar um portal, que lhe permita acessar aquela energia toda vez que julgar necessário. Caso você tenha sorte e pegue uma palheta ou baqueta, já adquiriu em mãos um forte Instrumento – recomendo apenas firmar as energias naquele momento, para ativar suas propriedades.

33285592576616379150[1]
Ghost, no Rock in Rio 2013

Pode ser óbvio dizer, mas é importante se atentar que o tipo de evento terá uma influência direta sobre sua ação. Um show de metal vai gerar algo agressivo, porém festivo; um baile funk terá uma energia sexual intensa; e a já citada palheta da banda Ghost, que usa estética satanista para afrontar o status quo, se tornou um grande portal LHP/NOX. Em muitos que fui, preparei sigilos que deveriam ser lançadas em músicas específicas.

Levem em consideração também tudo o que você passou para ir até aquele evento específico. Foi difícil conseguir ingresso? Você precisou viajar? Quem estava com você? Conheceu pessoas? Tudo isto pode ser (e será) impresso na operação que decidir empregar.

Embora shows e concertos tenham toda uma egrégora favorecendo, este tipo de consagração pode ser feita com todo tipo de acontecimento; uma peça teatral, uma viagem, a apresentação de um projeto bem-sucedido, até uma baladinha serve. Todo tipo de emoção e pensamento pode ser aproveitado, e como magos nós temos o dever de direcioná-los da melhor forma possível na consecução de nossas Vontades. E na próxima vez que forem em um show, me chamem – estou sempre com muitos sigilos para lançar ou algo para consagrar!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *