Shulkhan Arukh, “Mesa Posta”, de Yossef Karo

A Mesa Posta — tradução literal do título — é uma compilação da Halachá que veio a substituir a Repetição da Torah (Mishneh Torah) escrita por Maimônides no século XII. Escrita por Yossef Karo e publicada no século XVI, é aceita pela maior parte das congregações judaicas ortodoxas.

Divide-se em

  1. Orach Chayim – leis que regulam as preces, a sinagoga, o Shabbat e feriados.
  2. Yoreh De’ah – leis que regulam a alimentação, a conversão ao judaísmo, o luto; leis pertinentes à Terra de Israel e leis de pureza familiar.
  3. Even Ha’ezer – leis que regulam o casamento, o divórcio e demais assuntos relacionados como partilhas e heranças.
  4. Choshen Mishpat – leis que regulam responsabilidades fiscais e financeiras, danos (pessoais ou financeiros) e aquelas que regem o Bet Din — Tribunal Rabínico —, o comportamento do Tribunal e de testemunhas perante o Tribunal.

Cursor_e_SA-EE1b_pdfEm especial, é interessante obter uma cópia — ou imagens digitais — das páginas comentadas em hebraico que preservem a diagramação histórica da obra. É interessante ver como a grande quantidade de informação de diversos comentaristas se intercala. Isso tudo, séculos antes do que conhecemos como hipertexto. Mas a sabedoria do judaísmo funciona assim, em amarrações textuais e comentários sobre comentários.

 

Em livro separado ou — dependendo da versão — em um mesmo volume, os comentários do rabino Moshe Isseries indicam onde as tradições sefaradi e ashkenazi diferem e são conhecidos como mappah, a “toalha de mesa”, e são hoje compreendidos como a mesma obra.

 

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *