Os passos de um Xamã – Segundo Movimento: “Peregrinação”

As imagens desta publicação, são de um arquivo pessoal de minhas peregrinações pela cidade onde moro. Perceba o chamado do sagrado, sinta a canção da terra.

“Sem mapa, nem bússola, o jovem peregrino deixa a zona de conforto de sua tribo e adentra, determinado, as terras vermelhas do deserto de uma região próxima. Levando apenas uma ferramenta para cavar, ele avança ouvindo o canto de seus ancestrais. Apenas com os sussurros dos ventos em seus ouvidos, ele possui a certeza de que está no caminho certo.”

A intenção de qualquer peregrinação, longa ou curta, é ter contato com o sagrado e retornar cheio de energia e poder gerados pela experiência. O próprio ato de viajar é importante e adquire uma dimensão épica. A jornada pode ser perigosa, literal ou metaforicamente, como por exemplo, para um xamã japonês, uma peregrinação às montanhas sagradas era como morrer e ressuscitar.

Continue Reading

Os passos de um Xamã – Primeiro Movimento: “Nascer”

Aho! O Grande Espírito que habita em mim, saúda o Grande Espírito que habita em você!

Inicio hoje, mais uma coluna no Colégio Platinorum. Entre outros nomes, aqui serei conhecido como Wahkan, o peregrino. Tenho em mente trazer outros temas, porém, hoje venho trazer o primeiro texto de outros que virão, sobre Xamanismo. Que a Grande Águia guie nossa jornada de conhecimento!

Continue Reading