Platinorum Recomenda – Mágicka Visual

Mágicka Visual” é o livro mais conhecido do pesquisador e artista plástico alemão Jan Fries (contando inclusive com ilustrações feitas pelo mesmo). Embora seja frequentemente associado com magia do caos, o autor denomina seu sistema pessoal como “xamanismo freestyle“, sendo um grande compilado de práticas xamânicas e associações psicológicas obtidas em suas pesquisas. Porém, esse livro não se propõe a ensinar o “xamanismo freestyle“; no lugar disso, Fries se propõe a levar o leitor pelos métodos e exercícios que o fizeram criar o sistema.

Continue Reading

Resistência Mágica

É inevitável falar disso. Estamos em “tempos interessantes”, conforme diz o ditado/maldição; e é gritante que foi consolidado no Brasil um movimento sócio-político dedicado à perseguição de grupos vulneráveis. Em maior ou menor grau, diversas linhas magísticas serão implicadas por sua ascensão e precisamos discutir o que cada um, individualmente, pode fazer diante desse período escuro.

“Un rêve peut mourir mais on n’enterre jamais l’avenir!”

Continue Reading

O Despertar ao Amanhecer

O equinócio de primavera marca o despertar da terra e o início da semeadura. Dentro de uma ritualística sazonal, observar o início dessa estação também significa o momento em que a energia telúrica tomará seu espectro diurno e conduzirá tudo à uma postura ativa. Discutiremos as bases dos rituais sazonais e dos mistérios da movimentação natural com base nas Libações de Primavera.

Continue Reading

O Orvalho da Yggdrasill, o Dragão e o Destino

Existe um mito sobre as Nornir (a tríade do Destino no panteão nórdico) onde além (ou “ao invés”) do papel de fiandeiras seria de sua ocupação regar as raízes da Yggdrasill. Embora já tenhamos analisado a Wyrd em textos anteriores, discutiremos os símbolos usados por esse mito para explicar este conceito que muitas vezes pode soar confuso. Recomendo (re)ler o texto anterior, para se familiarizar não apenas com a noção nórdica de Destino como também com os termos que serão usados.

Imagem destacada: Nataša Ilinčić. Sim, a mesma do artigo anterior; porque não achei nenhuma outra que me agradasse tanto quanto…

Continue Reading