Platinorum Recomenda – Trilogia Heathen

Muitos nos procuram querendo informações mais profundas sobre a prática do paganismo germânico e também sobre temas e termos abordados por mim. Embora seja um tema difícil de ser pesquisado, possuímos três livros acessíveis sobre o tema em português

Escritos por Daniel “Seaxdēor” Falcão, responsável pelo blog Heathenry&Liberdade (o maior acervo em português de informações sobre paganismo germânico), são o resultado de todo seu trabalho não apenas de compilação como de pesquisa. Sua base é especialmente o método reconstrucionista, que visa a construção de práticas partindo dos resquícios arqueológicos sobre a antiga cosmovisão dos povos nórdicos. Embora o termo “Trilogia Heathen” não seja usado pelo próprio, fica aqui cunhado como uma referência a totalidade da obra.

O primeiro livro, Primeiros Passos na Ásatrú, aborta os temas mais gerais e básicos dentro da religiosidade. É aqui que encontraremos tópicos como quem são os deuses e entidades intermediárias (abordados rapidamente), os principais rituais e sugestões de datas comemorativas e uma breve discussão entre uma conciliação entre a religião e a ciência. Termos familiares a quem já leu autores ocultistas, como as partes da alma humana, também recebem sua introdução aqui.

Então, vamos para a obra mais complexa e avançada, Heathenry Tribal. Este é um livro que realmente se aprofunda na visão de mundo, ética e ações que devem orientar aqueles que desejam se tornar heathens. Questões que povoam o imaginário sobre os nórdicos, como seus juramentos, honra e o ciclo de presentes, são abordados aqui; mas logo durante a leitura percebemos que estas são facetas de noções muito mais complexas, como a urðr e a mægen (energia vital). Um dos capítulos mais importantes do livro introduz o conceito de friðr (palavra que pode ser traduzida, grosseiramente, como “harmonia”), que define como o heathen se relaciona com todos os fatores de seu entorno – na prática, é como se o livro todo fosse apenas sobre a friðr, mesmo que aborde tantos assuntos aparentemente diferentes entre si.

Por fim temos o Ættarbók, o mais prático entre os três. Aqueles que buscam sugestões e orientações para executar rituais encontrarão aqui, sendo o enfoque o “culto doméstico”. Temos diretrizes para a montagem de altares, exemplos de recitações, como proceder com oferendas, entre outras discussões de cunho prático.

Todos os três livros abordam o animismo, a cosmovisão onde todos os elementos e fenômenos da Natureza ou mesmo objetos manufaturados possuem sua própria essência espiritual. Todos os aspectos telúricos do culto e a própria abordagem envolvendo divindades que estão intrínsecas na terra encontram sua raiz nesse conceito. É importante ter em mente que, por se tratarem de assuntos que causam um choque muito grande com a mentalidade vigente na maioria das pessoas, são livros que não devem ser apenas livros como também vivenciados para a plena compreensão do que constitui a Heathenry.

Os livros foram disponibilizados gratuitamente em versão digital neste link. Versões impressas são vendidas via Clube de Autores, com as informações para compra presentes em suas respectivas páginas. Aproveitem essas fontes tão ricas, especialmente Heathenry Tribal – é o tipo de obra que parece que possui sempre algo mais a transmitir toda vez que é lida. E àqueles que desejam se aproximar destes conceitos chegando pela prática mágica (como as runas): pratiquem e adquirem uma camada completamente nova de entendimento de toda a simbologia!

Sjáumst bráðlega!

-Ravn

Você também vai gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *