Platinorum Recomenda – Mágicka Visual

Mágicka Visual” é o livro mais conhecido do pesquisador e artista plástico alemão Jan Fries (contando inclusive com ilustrações feitas pelo mesmo). Embora seja frequentemente associado com magia do caos, o autor denomina seu sistema pessoal como “xamanismo freestyle“, sendo um grande compilado de práticas xamânicas e associações psicológicas obtidas em suas pesquisas. Porém, esse livro não se propõe a ensinar o “xamanismo freestyle“; no lugar disso, Fries se propõe a levar o leitor pelos métodos e exercícios que o fizeram criar o sistema.

Este é o principal ponto da obra: trata-se de um livro extremamente prático. Embora passe pelo básico da magia enquanto explica os exercícios, temos pouca teoria e muito dever de casa com Mágicka Visual. Fries tende a voltar seus embasamentos no paradigma psicológico, porém as práticas não dependem do mesmo e visam aprimorar qualquer atividade magística. Nessa viagem de referências que compuseram o “xamanismo freestyle” e agora estão propostas agregarem à prática do leitor, passamos desde pelo curandeirismo dos índos Callawaya da Bolívia, os monges budistas de Katmandu e até Aleister Crowley e Austin Osman Spare – por essa razão, a introdução do livro o descreve como “pan-aeônico” (extraindo poder de várias Fórmulas aeônicas, sem se prender a alguma).

Seu capítulo inicial trata de sigilos (chamados por Fries de “sementes”) e não se restringe ao método tipicamente ensinado na magia do caos. Logo de cara vemos a abrangência das pesquisas de tradições do mundo todo do autor, apresentando desde os quadrados mágicos e as runas até mesmo mencionando métodos asiáticos; aqui o foco não é fornecer um meio simples, mas sim incentivar o leitor a conhecer muitos e encontrar aquilo que melhor se adapta a si. O seguinte promete falar do famigerado “lançamento de sigilos” e vai além, apresentando uma dissecação dos elementos que compõem um ritual; novamente, embora vejamos exemplos vindos tanto da pesquisa quanto da prática pessoal do autor, não temos receitas prontas e o leitor é incentivado a desenvolver sua própria prática.

Depois, temos um capítulo totalmente dedicado ao “desenho automático” – exercícios artísticos, normalmente ensinados para que o aluno adquira soltura de traço e melhore seus esboços, adaptados por Fries para aprimoramento da prática magística; não é necessário haver qualquer base em técnicas de desenho para fazê-los. Ainda dentro do tema dos sigilos, temos uma discussão sobre os aspectos importados da magia sexual (trazidos principalmente por Spare) na visão de Fries, no capítulo mais teórico do livro.

Segue-se com técnicas de visualização e aprimoramentos sensoriais (com destaque aos exercícios de entonação vocal e de interação com árvores) e Imaginação, além de exposição de técnicas ritualísticas vindas direto do xamanismo. Neste ponto, temos o avanço da discussão da composição do ritual com técnicas de invocação envolvendo os quatro elementos e a construção de mandalas feitas com elementos naturais, além das já muito associadas meditações envolvendo aspectos animais. Embora o autor não aborde rituais de banimento (que seriam bem interessantes de se ver em uma obra tão prática), oferece sua visão de aterramentos concedendo tanta importância quanto em outros vemos a este.

Este livro não faz nenhum sentido se o leitor não visa realmente se envolver com as práticas propostas. Embora estejamos partindo do ponto de vista do “xamanismo freestyle“, este sistema é pessoal ao autor e não é entregue em detalhes em nenhum momento – a ideia é que você tenha seu próprio freestyle ou sinta com mais intensidade suas práticas que já estão com trabalho estabelecido. Com um leque tão grande de referências, são exercícios magísticos essenciais e independentes de paradigmas e sistemas.

O livro é editado no Brasil pela Penumbra Livros, podendo ser encontrado em sua loja virtual e em livrarias. Destaque para a belíssima capa do Estúdio Miopia e o projeto gráfico de Isabella Giordano, resultando em uma edição de qualidade única e exclusivamente nacional.

Se interessou pelo “Mágicka Visual”? Entre na nossa página do Facebook e descubra como você pode ganhar um do Platinorum em parceria com a Penumbra Livros 

Você também vai gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *